Este site utiliza cookies. De uma forma geral, os cookies são utilizados para melhorar a experiência de navegação no site e para melhorar a qualidade dos serviços que disponibilizamos através do mesmo.

Ao clicar “Aceito” está a autorizar a utilização dos nossos cookies. Poderá encontrar mais informação acerca do uso que fazemos de cookies na nossa Política de Cookies.

Gesso cartonado, placa de gesso, gesso laminado, Pladur ou Drywall: são palavras que, estamos certos, já lhe são, pelo menos, familiares e que se referem todas ao mesmo.

Construir uma casa tem que se lhe diga. Entre outras coisas, é importante perceber quais os materiais disponíveis no mercado para que possamos fazer uma escolha criteriosa com base em uma boa relação qualidade-preço.

Hoje, focar-nos-emos no pladur com especial ênfase para o pladur hidrófugo. Afinal de contas, o que é pladur? Que vantagens e desvantagens lhe estão associadas? O que significa pladur hidrófugo ou  placa de gesso hidrofugada?

Damos-lhe estas e outras respostas de seguida.

O que é o pladur?

O pladur ou gesso cartonado é um painel composto por gesso – com ou sem aditivos – que é, geralmente, pressionado contra um revestimento de cartão. Trata-se de um material usado na construção civil, em paredes interiores e tetos falsos. Para ganhar robustez, o gesso pode ser mesclado com fibras – de papel ou de vidro – ou com outros aditivos que lhe proporcionem resistência ao fogo ou minorem a absorção da água. Assim, apesar da sua aparente fragilidade, o gesso cartonado é muito mais resistente do que possamos imaginar.

As paredes de pladur permitem a realização de instalações elétricas e hidráulicas? Sim. Estas instalações são aparafusadas em perfis de aço galvanizado ou feitas através de sistemas de fixação em tetos.

Quais são as vantagens do pladur?

Todos os materiais têm vantagens e desvantagens. Conhecê-las é fundamental para tomar uma decisão informada e consciente. Os tetos e as paredes de uma casa devem, acima de tudo, oferecer segurança e estabilidade. O pladur tem desvantagens, que lhe vamos dar a conhecer, mas as vantagens compensam amplamente e é por elas que começamos:

  • Fácil instalação: uma das vantagens que mais se destaca diz respeito à rápida e fácil instalação. Algumas pessoas chegam mesmo a dispensar mão-de-obra profissional para instalar paredes ou tetos falsos em casa. Porém, só o podem fazer se tiverem habilitações para o efeito, assim como capacidade física devido ao peso do material. De contrário, é sempre melhor contratar alguém especializado.
  • Flexibilidade e versatilidade: é um material macio e, por isso, agradável ao tato e que pode ser facilmente cortado, furado, pregado, aparafusado e decorado. Pode ser aplicado nas casas de formas distintas: nos tetos, nas paredes, na construção de estruturas específicas como estantes, prateleiras, nichos, tabiques de separação, e assim por diante. Além do mais, podem-se personalizar as estruturas construídas em pladur. É possível, por exemplo, embutir iluminação, aplicar diferentes acabamentos e cores e construir estruturas à medida.
  • Facilmente reparável: é um material de fácil manuseio cuja instalação não é complicada e é também fácil de ser removido e cortado em vários tamanhos. Isto significa que pode cobrir um buraco, cortando um bocado de drywall no tamanho de que precisa.
  • Seguro e resistente: estamos a falar de um material com uma grande capacidade isolante que garante estabilidade e que é resistente ao fogo.
  • É barato: a composição do pladur faz dele um material economicamente acessível a todas as carteiras.

Quais são as desvantagens do pladur?

As vantagens são interessantes, mas quais são as desvantagens do pladur? Destacamos as seguintes, mas salvaguardamos que são desvantagens facilmente contornáveis:

  • Pouca resistência à água: por norma, o pladur não é resistente à água. Quando instalado em casas de banho, cozinhas ou caves ou numa divisão onde o nível de humidade é alto, a sua condição pode ser afetada. Ora, uma superfície húmida é uma superfície na qual surgirá mofo, o que é prejudicial para a saúde. Mas há formas de o tornar mais resistente. Já lhe dizemos como.
  • Pouco resistente a impacto: sem reboco sobre o gesso cartonado, a superfície está mais sujeita a danos. Não sendo muito resistente ao impacto, poderá ter problemas com furos, rachas ou mossas.  No entanto é fácil reparar estes problemas.
  • Precaução com os acabamentos: apesar da fácil instalação, os acabamentos devem ser feitos corretamente para não ter problemas mais tarde. Além do mais, deve preparar previamente os espaços onde o drywall vai ser utilizado visto que a instalação gera poeira que se propaga pela casa.

As desvantagens são, na verdade, facilmente colmatadas desde que se tomem as precauções necessárias:

escolher os melhores materiais, trabalhar com profissionais, saber como manter o material e que pequenos problemas podem surgir.

Pladur hidrófugo: em que é que consiste?

A vulnerabilidade do pladur em relação à água é um dos handicaps do material. Porém, como referimos acima, o problema é facilmente contornável.

Como torná-lo, afinal de contas, resistente à água? O material pode levar um tratamento hidrófugo que reduzirá a sua capacidade de absorção de água, fortalecendo a sua resistência à ação direta da mesma e da humidade.

O pladur hidrófugo utiliza-se em unidades de alvenaria interior em áreas de humidade controlada como cozinhas, casas de banho, duches, balneários, entre outras.

A celulose, na sua face à vista, é verde. (Pladur verde)

Que outros tipos de placas de pladur existem?

Para além das placa de pladur hidrófugo, existem ainda:

  • Placas standard: são formadas por duas lâminas de papel com gesso de alta qualidade no interior. Podem ser utilizadas em qualquer tipo de obra seca, paredes divisórias, sancas de iluminação, entre outras.
  • Placas anti-fogo: são reforçadas por fibra de vidro para se tornarem mais resistentes ao fogo. Em zonas onde a resistência ao fogo é especial importante, aconselha-se a aplicação deste tipo de placas.
  • Placas alta-dureza: são densas e extremamente resistentes ao impacto. Muito usadas em escolas, hospitais, pavilhões, ginásios, e assim por diante.
  • Placas compostas: são compostas porque possuem duas camadas – uma camada de gesso e uma camada de isolamento.

A nossa gama de placas:

Precisa saber preços de pladur?

Cada projeto é um projeto diferente.

De forma a saber exatamente qual a melhor solução para si, visite a nossa loja ou contacte-nos através do nosso telefone 272 328 382